domingo, 8 de setembro de 2013

Todos nós temos direito à prosperidade


Nascemos perfeitos, como Ele nos quis e criou, e por essa razão temos direito à mais perfeita felicidade. Verdade seja dita, a noção de felicidade não é igual para todos nós, assim como não é igual a noção de prazer, de conforto ou de prosperidade. Essas noções dependem fundamentalmente de nossas características pessoais, de nossa personalidade. Mas a personalidade é algo bastante complexo, não é? Assim como não existem duas pessoas perfeitamente iguais, não existem tampouco duas personalidades idênticas, nem mesmo em crianças gêmeas univitelinas! Nascidas com poucos minutos de diferenças, essas crianças irão desenvolver pequenas diferenças e viver destinos diferentes mesmo que parecidos.


O que acontece então durante o desenvolvimento da criança para que ela não consiga alcançar a plenitude que está implícita na sua centelha divina inicial?

Será a nossa consciência que nos ajudará a manifestar inteiramente nosso potencial! E a consciência não reside no Ego mas no EU espiritual, ou seja no nosso Sol. Se quisermos realmente conseguir viver plenamente nossa missão terrena devemos expandir nossa consciência para modificar as freqüências vibratórias muito densas que atrapalham nossa caminhada. Podemos modificar essas vibrações de muitas maneiras, e principalmente, como explica o Cristo em suas Cartas, podemos elevar essas vibrações através de orações, de meditação, de mantras.

Ele ensina: "Como você sabe, cada freqüência de vibração de ondas sonoras produz a sua nota e tom próprio, único e individual. Da mesma maneira as formas habituais de pensamentos mentais/emocionais produzem as suas próprias freqüências vibratórias na consciência e essas, por sua vez, produzem as condições externas nas quais a consciência reside. Quanto mais altas forem as freqüências vibratórias da consciência, mais bonita, harmoniosa, alegre e realizada será a vida daquele que reside nessa freqüência".

Porém, isso não é nada fácil de conseguir! Quantas vezes nos pegamos vibrando com pensamentos de freqüências negativas, movidos por raiva, inveja, mágoa, ciúme, ódio, ou ainda medo, depressão, bloqueios de todo tipo! Afinal, somos seres humanos e estamos sujeitos a todas essas freqüências negativas. Como fazer então? Como mudar?

Graziella Marraccini (com adaptações)

*********
Existem muitos meios à nossa disposição. Existem muitos terapeutas que possuem essa capacidade de oferecer ajuda, cada um com suas próprias especialidades.O autoconhecimento fornecido pela terapia, pelas Constelações Familiares por exemplo que nas várias vertentes também podem ajudar você na conquista desse conhecimento sobre sua vida, exercendo assim o livre-arbítrio.
Existe também a oração, cada pessoa com sua fé, com o seu jeito que aprendeu...mas com a certeza de que a oração é um ato de humildade. "Eu peço"...

É interessante realizar a oração três vezes, para que as forças superiores nos ouçam:
1- Pelo bem e pelo repouso dos nossos pais;
2- Pelo bem do nosso próximo;
3- Somente na terceira vez, pelo nosso próprio bem

Você pode alcançar a prosperidade, a felicidade, a harmonia que somente a manifestação completa do potencial do seu Eu Espiritual pode lhe dar.

Sua vida será harmoniosa, plena e feliz. Isso tudo já existe dentro de ti... Confie Nele e Ele o ajudará pois você faz parte Dele!
Tais

5 comentários:

  1. Obrigada Tais por compartilhar este conhecimento !!

    ResponderExcluir
  2. Daniela Figueiredo8 de setembro de 2013 22:41

    MUITO bom !

    ResponderExcluir
  3. Tem tudo para todos

    ResponderExcluir
  4. Que lindo, Taís! Adorei! Especialmente esta última parte, nunca tinha pensado nisso... Obrigada por compartilhar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gostei, temos que praticar mais.

      Excluir