domingo, 11 de agosto de 2013

Qual é o propósito da sua alma?


O propósito da alma!? 
Nós somos almas vivenciando uma experiência na matéria. Sabemos disso, claro!

O que isto significa na prática? Já pensaram? Já refletiram?

Somos a nossa alma, antes de ser um corpo encarnado neste plano. E nossa alma veio até aqui com certo propósito. Se assim não fosse, o que estaria nossa alma fazendo aqui?!?

Porém, quando aqui chegamos, encontramos a matéria. E como experienciá-la?

Temos o corpo físico a serviço da alma! Temos a matéria que está a serviço do propósito da alma!

E... acho que nos perdemos um pouco no meio do caminho! E passamos a nos identificar com o corpo, com a matéria.

E começamos a imaginar que o propósito de nossa existência está no corpo e na matéria.

Criamos o propósito da matéria, totalmente desligado do propósito da alma!

Invertemos a ordem e assim ... perdemos o propósito da alma!

Além disso, tendemos a copiar os propósitos criados por outros, colocando o nosso principal foco no externo, e assim... perdemos o propósito da alma! Começamos a crer que existe certo e errado em nossas atitudes e nos obrigamos a seguir modelos externos.

E seguir modelos externos nos coloca totalmente fora do nosso Real propósito.

Passamos a sofrer, porque desligar-se do propósito Maior da nossa alma nos traz uma sensação de vazio, de um viver sem sentido, de dificuldades e uma busca em vão do preenchimento através dos objetos, das pessoas, das situações...

Desta forma, quando o que está fora não está bom, também não estamos bem!

E por que isso acontece? Porque o propósito criado a partir do foco invertido (de fora para dentro) envolve o ego e o ego não nos preenche completamente.

Invertemos a ordem e no fundo do nosso Ser sabemos que não estamos dentro do propósito da alma. Frustração e vazio é o que sentimos quando nosso propósito Maior não consegue se manifestar.

Nos perdemos tanto que já não sabemos mais o propósito da nossa alma!

Como saber qual é o propósito da nossa alma?

É chegado o momento de redescobrirmos a essência e os objetivos da alma em cada momento e em cada experiência!

O propósito da nossa alma é em primeiro lugar vivenciar a felicidade. Onde você encontra felicidade, estímulo, alegria, vontade de viver... é onde está o propósito da alma! O propósito da alma está no nível mais elevado do Ser. O propósito da alma está dentro e não fora.

Quando fazemos o que não gostamos, estamos fora do propósito da alma.

Quando nos sentimos infelizes em certos lugares, em certos relacionamentos, estamos fora do propósito da nossa alma.

Quando nos submetemos a limites e sofrimentos, estamos fora do propósito de nossa alma.

Quando nos julgamos e nos criticamos, estamos fora do propósito da alma.

Quando julgamos e criticamos outros, estamos fora do propósito da alma.

Quando tudo está travado e bloqueado, estamos fora do propósito da nossa alma.

O propósito da alma é nobre e não está submetido às leis do ego e da matéria.

O propósito da alma é nobre e inclui vivenciar a matéria com todas as suas possibilidades, aprendendo a dominá-la, e não abandoná-la! E dentro desse propósito de alma não há certo ou errado. Há apenas o propósito da alma que está sempre no nível mais elevado do Ser. E desta forma, não há como posicionar-se de forma "errada"!

Quantas vezes deixamos de seguir o impulso da alma rumo a seu propósito simplesmente porque o julgamos errado, ou sentimos vergonha ou mesmo nos comparamos com outros!?

O momento agora é religar-se com o propósito da alma! Porque o planeta não suporta mais pessoas infelizes. E nossa alma também não suporta mais experiências que levam ao sofrimento. E tornar-se feliz tornou-se uma necessidade planetária! Apenas pessoas sentindo-se felizes e realizadas, que consigam manifestar o propósito da alma conseguirão abrir-se para o Amor que a alma possui como característica inerente a Si mesma e contribuir efetivamente para a elevação do planeta como um todo! Apenas pessoas felizes conseguirão projetar energias mais elevadas ao seu redor!

Para religar é preciso que olhemos para nós mesmos e para tudo ao nosso redor de um nível mais elevado, buscando aquilo que nossa alma pede para sermos felizes, onde o foco principal é o lado interno e nobre do Ser, sem ego e sem limites.

É preciso coragem nessa mudança, porque teremos que fazer diferente. Teremos que nos perguntar: "O que gosto de fazer?" E partir para a ação em busca do lado gostoso da vida, deixando de lado as crenças que estão nos limitando e nos tornando infelizes!

"Comer o pão que o diabo amassou, há que trabalhar arduamente, trabalho e prazer não se combinam, relacionamentos são difíceis, Deus e dinheiro não se combinam..." (Não é assim que se fala por aí?) e tantos outros limites que nos impusemos!!

Lembre-se que estamos aqui para vivenciar a matéria e não abandoná-la ou mesmo sofrer nela ou por ela! Se fosse para abandonar a matéria, não estaríamos aqui, concordam? Porém, temos que nos reposicionar diante dela, colocando as coisas em seus devidos lugares!

Já que o propósito Maior da alma é experienciar a matéria, será que não deveríamos nos posicionar com alegria, usufruindo dela e aprendendo tudo de bom que esta experiência pode nos proporcionar? Sem limites, carências e sofrimento!?

Vamos encontrar o propósito da nossa alma? Vamos buscar a felicidade?
Tania Resende

***********
"Será que até agora você não foi demasiadamente descuidado no manejo de sua mente? Zangou-se quando quis, folgou quando sentiu preguiça, ficou melancólico quando se entristeceu com algo...Será que não vem levando uma vida por demais desordenada?
       Viver assim é o mesmo que esculpir sem cuidado seu próprio destino, ou derramar tinta desastradamente na tela do ambiente. Quem vive desse modo é natural que se torne infeliz. Queixa-se por não conseguir ser feliz, mas não percebe que está pintando sua vida com os olhos fechados. Então, como é possível pintar a obra-prima que é sua própria vida, mantendo a mente tão descuidada? Toda atenção em cada pincelada é pouca quando se maneja o pincel da mente. Tal como o pintor observa atentamente cada pincelada, devemos viver prestando a máxima atenção em nossa mente, para que o pincel mental não deslize com imperfeição."
Do livro Dinamize sua Capacidade - Masaharu Taniguchi
Nossa mente é muito poderosa...e aquilo que pensamos é exatamente o que se realiza: sou pobre, fracassado-----> serei pobre e fracassado. Pense nisto e mude sua tela!!!!!
Descubra seu propósito e seja positivo.

Hoje é dia dos pais. Abrace-o, agradeça a Vida, diga que o ama... e se ele não estiver presente fisicamente - não faz mal - reserve um lugar à mesa e fale com ele mentalmente. Agradecimento aos pais e aos antepassados é como água em uma planta. Ficamos fortes e prósperos. Bom domingo!
Tais

2 comentários:

  1. Rosélia Bello Obladen11 de agosto de 2013 21:18

    Adorei este texto. Para mim foi o melhor de todos. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. O texto é lindo...aqui está escrito tudo o que penso. Lindo.....

    ResponderExcluir